Tipos de Aço

Define-se normalização como sendo o modo de estabelecer e aplicar regras com a finalidade de ordenar um determinado campo de atividade para o beneficio e com a cooperação de todos os interessados.

Para a construção metálica só tem interesse analisarmos os chamados aços estruturais, tais aços são assim denominados tem características de resistência e outras propriedades adequadas ao uso em elementos estruturais que suportam cargas.

Suas aplicações principais são:

1. Aços Carbono (mais usual em Construção Metálica)

Segundo a NBR 6215 aço carbono é aquele não contém elementos de liga isto é, apenas teores residuais de Cr = 0,20%, Ni = 0,25% etc e no qual os teores de Si e Mn não ultrapassem limites máximos de 0,60% e 1,65% respectivamente.
São classificados em função do teor de carbono.

a) Baixo Carbono: C £ 0,30%

Limite de resistência: 440 N/mm²

Características:

  • Boa tenacidade, conformabilidade e soldabilidade.
  • Baixa temperabilidade.

Aplicações:

  • Pontes, edifícios, navios, vagões, caldeiras, tubos gerais, estruturas mecânicas, etc.

    b) Médio Carbono: 0,30% < C £ 0,50%

    Limite de resistência: 440 a 590 N/mm²

    Características:

    • Média conformalidade e soldabilidade.
    • Média temperalidade.

    c) Aço de Alto Carbono

    Limite de resistência: 590 a 780 N/mm²

    Características:

    Má conformabilidade e soldabilidade. Altas temperaturas e resistência ao desgaste.

    Aplicações:

    Peças metálicas, parafusos especiais, implementos agrícolas, trilhos e rodas ferroviárias, etc.

    2. Aço de Alta Resistência a Corrosão Atmosférica (Aços Patináveis ou Aclimáveis)

    Por se tratar de aço composto pela mistura de várias ligas como, Cu, Ni, Cr, etc, é conhecido como aço de BAIXA LIGA. São largamente utilizadas no Brasil e conhecidas pelos seus nomes comerciais: Niocor, COS-AR-COR, SAC e mais genéricamente CORTEN.

    Sua resistência a corrosão está relacionada com a atmosfera em que o material é aplicado, assim sendo, em atmosfera marinha severa e atmosferas industriais agressivas é obrigatória a aplicação de revestimento, em obras sem revestimento, atenção especial do projetista deve ser dada a pontos de estagnação evitando retenção de água ou resíduos sólidos, que favorecem desenvolvimento da corrosão.

    Aços patináveis com revestimento em epoxi bi-componentes (Primer + Acabamento)na nossa opinião a melhor solução para tratamento a corrosão atmosférica.

    Aços para usos Estruturais segundo NBR (8800/86)

    Projeto e execução de Estrutura de Aço

    • NBR.7007 – Aços para perfis laminados para uso estrutural.
    • NBR.6648 – Chapas finas de aço carbono para uso estrutural a frio.
    • NBR.5000 – Chapas grossas de aço de baixa liga e alta resistência mecânica.
    • NBR.5008 – Chapas grossas de aço de baixa liga e alta resistência mecânica resistentes a corrosão atmosférica para usos estruturais/
    • NBR.5920/5921 – Chapas finas de aço de baixa liga e alta resistência mecânica, resistente a corrosão atmosférica, para usos estruturais a frio e a quente.
    • NBR.8261 – Perfil tubular de Aço Carbono, formado a frio, com e sem costura de secção circular, quadrado ou retangular.

    Colaboração:

    Eng° Civil Carlos Freire

       
      M_in_noticia