Cobertura luxuosa: Telhas de Alumínio

Nanci Dainezi

Mercado brasileiro começa a usar telhas de alumínio em sofisticadas obras residenciais, que pedem conforto acústico e buscam menos manutenção

Obra do arquiteto Adérito Nascimento, para quem as telhas de alumínio dão isolamento acústico se receberem recheio correto

Antes aplicadas somente em estádios e grandes coberturas, como galpões, indústrias e shoppings, as telhas de alumínio começaram agora a ser empregadas também em residências de alto padrão, no Brasil. Isso porque o mercado começa a enxergar o custo-benefício trazido pelas características do produto e as vantagens técnicas, como a vedação contra vazamentos. Além disso, telhas de alumínio duram por mais de 50 anos e (contrariando o mito), podem sim oferecer isolamento acústico perfeito. Quem testou, confirma.

O arquiteto Adérito Nascimento, de Alphaville (SP), já projetou três casas com telhas de alumínio. A escolha pelo material se deu, principalmente, pelo estilo das construções, que pediam telhados com pouca inclinação. "Os projetos pediam um telhado que ficasse escondido atrás de platibandas, pois tratavam-se de residências de estilo moderno, sofisticado. A escolha também se deu pela qualidade do produto, imensamente superior que as demais telhas", avalia.

Quanto ao polêmico aspecto do isolamento acústico, a solução hoje está garantida, desde que, entre folhas, seja instalado um miolo isolante. É a chamada aplicação "sanduíche". "Nessa constituição, tem-se a aplicação de uma telha inferior em alumínio, um miolo composto de isolante térmico e/ ou acústico e uma telha superior também em alumínio. Assim, o consumidor obtém a melhor performance do material e o maior nível de conforto térmico e acústico", diz o gerente de marketing e produto telhas da Belmetal, Luiz Valério de Paula Trindade.

Outras vantagens

Telha ondulada, indicada para aplicação nas estruturas em forma de arcoOutro aspecto vantajoso resulta da dimensão das telhas de alumínio. Trindade explica que isso permite que se evite a formação de goteiras ou infiltrações. "As peças são inteiriças no comprimento. Com isso, é possível cobrir um telhado com pouca ou nenhuma emenda. Assim, este tipo de telha requer mínimas manutenções corretivas e preventivas ao longo de sua vida útil, o que se reverte em menores despesas para o consumidor", explica.

Em se tratando de telhas de alumínio singelas (sem a adoção de miolo com propriedades isolantes), existem dois fabricantes (Alcoa e VM-CBA) no Brasil. Já na aplicação de miolo com propriedades isolantes, existem diversas empresas beneficiadoras disponíveis no mercado aptas a aplicar o material nessas telhas ou, em outros casos, fornecer o material isolante para instalação diretamente na obra.

De acordo com Trindade, boa parte dos consumidores ainda não sabe das vantagens do uso dessas telhas em casas. "Enquanto nos EUA, na Inglaterra e mais alguns países europeus é mais comum a utilização de soluções em alumínio para a cobertura de residências, no Brasil, esse tipo de solução ainda não atingiu o mesmo grau de popularização e disseminação de informações que permitam um salto no uso desse produto", diz o gerente da Belmetal.

Experiência

Dentre os cuidados que se deve ter na colocação, Nascimento orienta a necessidade de preparar um local adequado no canteiro de obras para a estocagem do material, em local coberto. "É necessária uma mão de obra especializada para a execução do telhado. Portanto, exige muita atenção nas fixações e vedações. Geralmente, a estrutura de apoio das telhas também é metálica, tornando todo o conjunto do telhado muito resistente e estanque".

Modelos

No mercado existem três modelos de telhas de alumínio: ondulada, trapezoidal e trapezoidal nervurada. De acordo com Trindade, da Belmetal, as telhas onduladas são recomendadas para aplicação nas estruturas em forma de arco. Graças à sua reduzida altura de onda, ela adapta-se mais facilmente às curvaturas. Já as telhas trapezoidais são indicadas para locais onde é solicitada uma constante sobrecarga distribuída.

As telhas do tipo trapezoidal nervuradas são recomendadas para utilização em grandes coberturas e fechamentos laterais, pois apresentam um maior aproveitamento por metro quadrado.

Quanto à espessura, cada fabricante tem a sua especificidade. A Belmetal, por

exemplo, tem os três modelos mencionados, em espessuras que variam de 0,4 mm até 1,0 mm e em comprimentos variados de 2 m a 12 m. Uma das vantagens das telhas de alumínio é que as peças podem ser cortadas de acordo com a necessidade do cliente.

A dimensão das telhas de alumínio permite que a cobertura de um telhado seja feita com pouca ou nenhuma emenda, o que evita a formação de goteiras ou infiltrações

Para o arquiteto Luiz Paulo Andrade, da Andrade Scroback, os detalhes técnicos da obra é que definirão o modelo mais adequado. "Em geral, eu utilizo telhas trapezoidais com isolamento térmico e acústico para telhados de águas retas e onduladas para telhados em forma de arcos", diz.

Apesar de terem custo superior às de fibrocimento ou de barro, as telhas de alumínio oferecem facilidade de instalação, diminuição de resíduos em obra, além de baixo custo de manutenção ao longo de anos. Particularidades a que o mercado começa a se render.

Fonte:

Revista Alumínio
Publicação: 06/02/2012

     
    M_in_noticia