Arquitetura do estádio de Manaus tem identidade nacional

“É fundamental colocar identidade em um projeto, a identidade serve para a pessoa ver o estádio e poder identificar. É importante ter um projeto inovador”. Esse é o mote da empresa alemã GPM, responsável pelo projeto do estádio de Manaus.

Segundo o diretor geral da GMP do Brasil, Ralf Amann ,“em Manaus ninguém pensa em futebol e a cidade tem uma chance importante de aproveitar essa plataforma de Copa do Mundo e se projetar. Detectamos animais e  plantas e inventamos a cobertura do estádio. O processo da inovação é um casamento entre a primeira idéia, com a pesquisa e a engenharia, disse durante participação no I Seminário Brasil Alemanha de Inovação.

Sobre a diferença entre a cultura alemã e a brasileira o executivo disse que é preciso “surfar” nas características de cada povo.  “Não temos problemas de execução no Brasil, estamos acostumados em trabalhar com as sinergias. Há diferenças culturais são positivas e contribuem para um resultado melhor”, colocou. Ele apontou que os alemães normalmente se baseiam em um plano geral, de longo prazo e assim também funciona outros âmbitos da sociedade que não só o trabalho.

“O individualismo no Brasil é muito forte, as relações interpessoais mudam de um dia para o outro e automaticamente a cultura é que o passado já era e vamos aproveitar o dia “, completou.

O Estádio em Construção:

Fonte:

DCI

http://www.dci.com.br/financas/arquitetura-de-estadio-brasileiro-tem-identidade-nacional-id372260.html

 

Veja também

 
M_In_int